INSS tem fila de 1,8 milhão de pedidos de benefícios à espera de resposta

<

inss 19_10_20O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) tem uma fila de mais de 1,8 milhão de pedidos de benefícios à espera de resposta do instituto. Os dados foram extraídos pelo órgão em 30 de setembro e fornecidos ao IBDP (Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário) no último dia 5.

 

Do total, cerca de 800 mil pedidos estão parados, em cumprimento de exigência, que é quando o segurado precisa entregar documentos complementares para a análise da solicitação.

 

Segundo a advogada Adriane Bramante, presidente do IBDP, há alguns pontos que explicam os números. “A gente tem o problema da pandemia, tem o problema do estoque que já estava grande antes da pandemia. Muitos casos são de perícia, aguardando a exigência do segurado, aguardando algum documento. Então tudo isso contribuiu para esse número ser bastante expressivo”, diz.

 

Adriane lembra que os prazos para cumprir exigência estão suspensos. Neste caso, o beneficiário tem mais tempo para conseguir a documentação necessária para análise de seu pedido, mas quanto mais demorar, mais tempo o instituto levará para dar uma resposta.

 

A especialista afirma ainda que há casos nos quais o segurado não consegue cumprir a exigência porque depende de documentação da empresa antiga, o que atrasa ainda mais o andamento da solicitação.

 

É possível entregar os documentos pela internet, no portal ou no aplicativo Meu INSS, ou na porta das agências, por meio de drive-thru, na chamada “exigência expressa”. A medida foi adotada pelo INSS em agosto e deve ser válida até o fim deste mês, caso o instituto não faça prorrogação. Antes de ir a uma agência, é preciso agendar.

 

O cidadão que vai até o local deve ter o número do protocolo de agendamento e apresentar documento pessoal. Quem vai enviar os documentos pela internet pode fotografá-los e anexá-los pelo celular ou computador. Com a reabertura dos postos, é possível agendar horário para entregar os documentos a um servidor.

 

Para o Sinnsp (sindicato da categoria), o INSS tem um déficit de, no mínimo, 15 mil servidores. Os dados mostram que, desde 2015, 40% dos funcionários do instituto se aposentaram.

 

Como fazer a fila andar | Benefícios parados

  • Mais de 1,8 milhão de pedidos de benefícios estão na fila do INSS à espera de análise no país
  • Desse total, 1 milhão dependem de análise do INSS; o restante, cerca de 800 mil, estão travados porque o segurado não entregou algum documento ou havia falha na documentação

Raio-X da espera pela concessão

  • Os dados foram extraídos pelo INSS no dia 30 de setembro e fornecidos ao IBDP em 5 de outubro
Total de benefícios aguardando análise 1.817.068
À espera do INSS 1.021.618
Em cumprimento de exigência 795.450

BPC (Benefício de Prestação Continuada) do idoso ou do deficiente

Exigências 322.405
Pendências 168.799
Total 491.204

No estado de São Paulo

Nome do serviço Total geral na fila Exigência
Benefício assistencial à pessoa com deficiência 51.686 34.113
Benefício assistencial à pessoa com deficiência – microcefalia 133 97
Pensão por morte rural 1.995 862
Pensão por morte urbana 39.923 17.771
Aposentadoria da pessoa com deficiência por tempo de contribuição 6.487 3.499
Aposentadoria da pessoa com deficiência por idade 2.318 914
Pensão especial – crianças com síndrome congênita do zika vírus 120 42
Pensão especial – síndrome da Talidomida 10 1

Demais benefícios no estado de SP

Nome do serviço Total geral na fila Exigências
Auxílio-doença previdenciário 85.024 10.886
Aposentadoria por invalidez previdenciária 3.361 12
Auxílio-acidente previdenciário 489 9
Auxílio-doença por acidente do trabalho 167 0
Aposentadoria por invalidez acidente de trabalho 115 0
Auxílio-acidente 266 5
Auxílio suplementar acidente de trabalho 2 0

Saiba o que fazer

1 – Para quem já foi avisado pelo INSS que precisa cumprir exigência

  • O cumprimento de exigência é um procedimento adotado pelo INSS no caso do segurado que precisa enviar documentos complementares
  • Quando isso é preciso, o instituto informa o segurado por meio de SMS ou pelo portal ou aplicativo Meu INSS
  • Ao todo, hoje, há 800 mil benefícios em cumprimento de exigência
  • Enquanto não envia a documentação complementar o segurado fica sem dar andamento ao pedido

Para enviar os documentos pela internet

  • Entre no aplicativo do celular ou no seu computador, no site meu.inss.gov.br e informe sua senha
  • Vá em “Agendamentos/Solicitações” e, em seguida, localize o processo que está em “Exigência”
  • Clique na lupa acima para detalhar a documentação necessária
  • Depois, vá em “Cumprir exigência” e, se for necessário, “clique em Anexar arquivo”

As cópias podem ser em PDF ou foto legível:

  • O tamanho de cada arquivo é de até 5 Megabytes
  • A soma de todos os documentos não pode passar de 50 Megabytes

Para enviar documentos nas agências, por meio de drive-thru

  • As agências do INSS têm, atualmente, urnas em frente aos prédios, onde o cidadão pode fazer o cumprimento de exigência expressa
  • Neste caso, os documentos devem ser entregues em um envelope lacrado
  • Junto com a documentação deve estar o formulário de “Autodeclaração de Autenticidade e Veracidade das Informações”, que está no site do INSS ou ao lado de uma urna

Fique ligado
Não se deve levar documentos originais, apenas cópias

O que escrever no envelope:

  1. Nome completo
  2. CPF
  3. Endereço completo
  4. Telefone (mesmo que para recado)
  5. Email, se tiver
  6. Número do protocolo do agendamento da exigência expressa

2 – Para quem ainda não recebeu nenhum contato do INSS

  • Quem aguarda uma resposta do INSS deve ficar atento ao Meu INSS
  • Todas as informações sobre pedidos estarão disponíveis no campo “Agendamentos/Solicitações”
  • Pedidos de aposentadoria que ainda não foram analisados aparecem em destaque
  • O segurado poderá verificar, no campo “Atendimento a distância”, a data da solicitação
  • Se não houver exigência aparecerá que o benefício está “em análise”

Atenção!

  • Deixe seu cadastro com o INSS sempre atualizado
  • Muitos benefícios são negados por conta de dados incorretos

 

Esta entrada foi publicada em Notícias & Comentários. Adicione o link permanente aos seus favoritos.