Inflação oficial fecha fevereiro com alta de 0,43%

<

inflação 12_03_19

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA de fevereiro, considerado a inflação oficial do Brasil foi de 0,43%, enquanto em janeiro a taxa havia sido de 0,32%.
O acumulado no ano foi para 0,75%, acima dos 0,61% registrados no mesmo período de 2018. Nos últimos doze meses, o acumulado foi de 3,89%, acima dos 3,78% dos 12 meses imediatamente anteriores. Em fevereiro de 2018, a taxa fora de 0,32%.

 

Período TAXA
Fevereiro de 2019 0,43%
Janeiro de 2019 0,32%
Fevereiro de 2018 0,32%
Acumulado no ano 0,75%
Acumulado nos 12 meses 3,89%

 

Seis dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta, de janeiro para fevereiro, com destaque para Educação (3,53%), grupo responsável pelo segundo maior impacto positivo no IPCA de fevereiro, com 0,17 ponto percentual (p.p.), atrás apenas de Alimentação e Bebidas (0,78% e 0,19 p.p.). As outras altas ficaram por conta de: Saúde e Cuidados Pessoais (0,49% e 0,06 p.p.), Habitação (0,38% e 0,06 p.p.), Artigos de Residência (0,20% e 0,01 p.p.) e Despesas Pessoais (0,18% e 0,02 p.p.). Por outro lado, dois grupos tiveram deflação: Transportes (-0,34% e -0,06 p.p.) e Vestuário (-0,33% e -0,02 p.p.). Já o grupo de Comunicação ficou estável no período (0,00% e 0,00 p.p.).

 

Grupo Variação (%) Impacto (p.p.)
Janeiro Fevereiro Janeiro Fevereiro
Índice Geral 0,32 0,43 0,32 0,43
Alimentação e Bebidas 0,90 0,78 0,22 0,19
Habitação 0,24 0,38 0,04 0,06
Artigos de Residência 0,32 0,20 0,01 0,01
Vestuário -1,15 -0,33 -0,07 -0,02
Transportes 0,02 -0,34 0,01 -0,06
Saúde e Cuidados Pessoais 0,26 0,49 0,03 0,06
Despesas Pessoais 0,61 0,18 0,07 0,02
Educação 0,12 3,53 0,01 0,17
Comunicação 0,04 0,00 0,00 0,00
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Índices de Preços

 

O IPCA é calculado pelo IBGE desde 1980, se refere às famílias com rendimento de 01 a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande, Rio Branco, São Luís, Aracaju e de Brasília.

 

INPC varia 0,54% em fevereiro

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC em fevereiro foi de 0,54%, 0,18 p.p. acima da taxa de 0,36% registrada em janeiro. O acumulado do ano está em 0,90% e o dos últimos doze meses foi de 3,94%, contra 3,57% nos 12 meses imediatamente anteriores. Em fevereiro de 2018 a taxa foi de 0,18%.

 

Os produtos alimentícios subiram 0,94% em fevereiro, contra 0,90% no mês anterior. O agrupamento dos não alimentícios subiu 0,37%, contra 0,13% em janeiro.

 

Para o cálculo do índice do mês foram comparados os preços coletados no período de 30 de janeiro a 26 de fevereiro de 2019 (referência) com os preços vigentes no período de 29 de dezembro de 2018 a 29 de janeiro de 2019 (base).

 

O INPC é calculado pelo IBGE desde 1979, se refere às famílias com rendimento monetário de 01 a 05 salários mínimos, sendo o chefe assalariado, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande, Rio Branco, São Luís, Aracaju e de Brasília. Serve como referência para reajuste do salário-mínimo.

Esta entrada foi publicada em Notícias & Comentários. Adicione o link permanente aos seus favoritos.